Sacos de Papel – Uma solução ecológica?

Os sacos de papel são muitas vezes anunciados como a solução amiga do ambiente para o problema dos sacos de plástico.

Mas serão os sacos de papel realmente melhores para o ambiente?

Vamos pensar um pouco na composição!

Os sacos de papel são feitos de pasta de papel, pasta que vêm das árvores e que são de facto um recurso renovável.

No entanto, os sacos de papel requerem mais energia e água para produzir do que os sacos de plástico, e geram mais emissões de gases com efeito de estufa.

Não só isso, mas contribuem para a substituição de tipos de árvores autóctones por outras árvores (como o eucalipto), que crescem mais rápido mas secam os solos à sua volta.

Vida útil mais curta

Os sacos de papel também têm uma duração de vida muito mais curta do que os sacos de plástico.

Em média, um saco de papel só pode ser utilizado 3-5 vezes antes de ser deitado fora.

Enquanto isso, os sacos de plástico podem ser reutilizados muitas vezes e muitas pessoas guardam sacos plásticos em casa.

Isto significa que mesmo que os sacos de papel possam ser biodegradáveis, ainda assim continuam a ter uma grande pegada ambiental.

Os sacos de papel não são a solução?

A resposta curta é: Não!

Sim, é possível reciclar sacos de papel e sem dúvida que são biodegradáveis, mas se queremos sacos 100% ecológicos, os sacos de papel e a indústria de papel também não são a solução.

(LER) Laboratório de Inovação em Portugal espera em breve conseguir utilizar o papel eletrônico para substituir écrans LCD

– Relacionado com a indústria do papel –

Portanto, da próxima vez que estiver na loja, pense duas vezes antes de procurar um saco de papel.

O que aconselho é que traga o seu próprio saco reutilizável de casa!