Sacos de Plástico Reciclado – O que significa?

Os sacos de plástico são comumente utilizados no dia a dia, principalmente para transporte de artigos e até como embalagens.

Anualmente utilizamos uma quantidade inacreditável de sacos de plástico!

Atendendo ao impacto do plástico na natureza, é normal que a prioridade passe por baixar o seu uso e na impossibilidade de o fazer, reciclar os sacos de plástico que usamos.

sacos plásticos reciclados

Como são reciclados os sacos plásticos?

O processo de reciclagem de sacos de plástico começa com a triagem.

Os sacos são triados (classificados) por tipo e por cor, antes mesmo de irem para o processo de transformação.

No processo de transformação, os sacos são triturados em pequenos pedaços.

Estes pedaços de plástico são depois limpos e derretidos para criar novos pellets de plástico reciclado.

pellets de plástico reciclado
Pellets de plástico reciclado de alta qualidade

Estes pellets podem ser utilizados para criar novos produtos, tais como sacos de plástico reciclado!

A qualidade dos pellets vai depender do processo de triagem e também do percentual de detritos que o processo de transformação consegue eliminar.

Sacos com diferentes percentagens de reciclagem

Certamente já viram sacos com diferentes percentuais de plástico reciclado.

O mais comum em Portugal é que os sacos considerados como feitos de plástico reciclado tenham pelo menos 50% do utilização de plástico reciclado.

Quanto maior o percentual de plástico reciclado utilizado, melhor é para o meio ambiente.

Diferença entre plástico reciclado e biodegradável

Muitas pessoas confundem os dois termos, mas plástico reciclado e plástico biodegradável são coisas diferentes!

Plástico reciclado

Plástico que foi obtido pela reciclagem de outros plásticos.

São mais comuns os poliestirenos, politereftalato de etileno, polietileno, polipropileno ou polivinilo.

Plástico biodegradável

Normalmente são bioplásticos, o que significa que são feitos de plantas e não de combustíveis fósseis como o petróleo.

Este plástico biodegradável pode ser decomposto por micróbios e convertidos em biomassa, água e dióxido de carbono (ou na ausência de oxigênio, metano, em vez de CO2).

Uma parte deste é compostável, o que significa que não apenas é decomposto por micróbios, como também pode ser transformado – juntamente com alimentos e outros resíduos orgânicos – em adubo.

Ainda assim, isso não significa que seja compostável por processos caseiros, porque uma grande parte deste plástico necessita de processos industriais de compostagem – as usinas para reciclagem de resíduos compostáveis.

Também existem desvantagens?

Como em tudo, também existem algumas desvantagens associadas aos sacos plásticos reciclados.

  • Requerem grande energia para a sua reciclagem;
  • Libertam vapores tóxicos para a atmosfera, que obrigam a investimentos avultados em filtros de ar para as instalações industriais de reciclagem;
  • Consomem grande energia, o que indica um potencial ponto de melhoria no processo;

Para finalizar:

Os sacos plásticos reciclados são uma boa opção, melhor que os sacos plásticos de uso único, mas ainda assim, não são o que de melhor existe para o meio ambiente.